{} amanhã o feriado começa ao meio-dia. fiquei na cidade e a vi num boteco de esquina. ela queria meu oi. teria gostado, me disse. eu seria bem-vinda. desejo isso e tudo o mais. meus emails ela lê com atraso, digo, me responde. só o suficiente pra me iludir. não digo nada, mas eu morro de ansiedade. as línguas que falamos são diferentes e no final é a mesma língua que queremos. sorri como de costume, voltei a acreditar em tudo, voltei a desenhar corações nos cantinhos das páginas do caderno. amanhã é feriado. talvez, amanhã seja o grande dia em que a levarei comigo no boteco ou no cinema. amanhã é feriado.

Posted quarta-feira, Junho 22nd, at 11:31 PM (∞).

Powered by Tumblr; themed by Adam Lloyd.